Buscar
  • BR Quantec PRO

Antimatéria

Hoje Iremos falar sobre: "Antimatéria". No início pode parecer difícil de entender os conceitos do que estou a dizer, mas no fundo verás que é simples.


Em torno de 1928 alguns físicos elaboraram algumas equações sobre o universo e o Big Bang. Um britânico Paul Dirac foi um dos que anteviu a existência dos Prositrons e portanto a existência da Antimatéria. Por algum tempo isso ficou como sendo uma especulação, apenas como equação matemática. Mas em 1995 foram produzidos anti-átomos e anti-Hidrogênio, assim como núcleos de anti-deutério criados a partir de um antipróton e um antinêutron. Dessa forma deixou de ser um conceito filosófico e passou a ser real.


Na verdade devemos tratar como antipartícula porque as matérias são apenas resultados de união de partículas.

Por exemplo: anti-elétrons (pósitrons, elétrons com carga positiva), anti-prótons (prótons com carga negativa) e anti-nêutrons (com carga nula como os nêutrons) poderiam dar forma a anti-átomos da mesma maneira que elétrons, prótons e nêutrons dão forma a átomos normais da matéria.


O mais interessante vem agora:


Quando ocorre uma colisão, uma mistura entre matéria e antimatéria matematicamente conduz um aniquilamento de ambos, da mesma maneira que se misturar antipartículas com partículas.


Até agora é simples de entender. 1 - 1 = 0, ou qualquer outro número menos ele mesmo é zero.


Antes de contar o extraordinário dessa história, eu preciso dizer que quando ocorre essa união e o anulamento de ambas, explode uma grande energia, raios gamas que são fótons.


Acontece uma Explosão de LUZ muito forte.

Isso é testado em laboratório.

Agora é a parte estranha que eles não sabem explicar:


O Big Bang nada mais é do que isso. Partícula e antipartícula que colidindo-se gerou uma grande explosão de raios referente a massa de matéria e antimatéria que se tinha anteriormente.


Mas atentem para um detalhe:


Lembram que 1 - 1 = 0 ?


Então como o Big Bang gerou todo o nosso universo?


Deveria restar nada. Deveria não existir nada.


Os físicos sabem disso.


E eles dizem em seus copilares escritos: "Matematicamente não era para esse universo existir."


Assim eles viram a Página. Muda-se de assunto.


Só existe esse universo porque alguma coisa, alguma consciência escolheu que quando ocorreu esse aniquilamento de partícula e antipartícula, iria sobrar uma quantidade mínima de matéria e de antimatéria. Só poderia fazer existir uma escolha dessa se tratar de uma experiência controlada. Se fosse o acaso, o nada, sem interferência inteligente, não sobraria nada. Então, por motivos óbvios, houve interferência.


De quem? Deus. O TODO. O Espírito Infinito da Inteligência Universal. O Vácuo Quântico. Não importa o nome, chame como quiser.

Porque não aceitam isso?


Seria muito difícil não é? Afinal, pensemos: a ciência assumir a existência de Deus? Dizer que existe um criador e que somos mera experiência? Tudo isso porque não estão dispostos a entender que essa consciência que causou isso é a única que existe. É a nossa fonte de existência. SOMOS NÓS MESMOS. Mas ai iriam chegar no conceito de que somos todos UM e não iriam mais poder fazer preconizar tipo de maldade.

Entenderam no que quero chegar? Entendem como que o conceito de que SOMOS TODOS UM, resolveria todos os problemas do nosso planeta e do universo? TODOS OS PROBLEMAS acabariam. Social, econômica, afetivo, saúde, felicidade e etc. Só basta entender que somos todos um.


O livre arbítrio é muito vasto, tanto de um lado quanto do outro. Mas sempre existe um limite que, se for ultrapassado, vai mexer no equilíbrio cósmico. Nesse caso, a pessoa é realocada, mais cedo ou mais tarde, de qualquer maneira, pelas próprias leis intrínsecas do Universo. Toda vez que se faz algo negativo, se atrai antimatéria, que vai aderindo. É por causa isso que as pessoas vão ficando negativas, os ambientes se tornam negativos etc. Entendem? Vai ocorrendo uma polarização negativa. O universo é construído de matéria. A antimatéria criará distorções.


"Se impregnar muita antimatéria no fígado, a pessoa começa a ter problemas no fígado. E isso tem um limite também. A pessoa agregará tanta antimatéria, que passará a ter problemas de todas as espécies." (Citação do livro "TOMO I", Helio Couto).


Todos os seus problemas nada mais são do que antimatéria que você atraiu através de atitudes, ações, palavras, pensamentos e etc. Toda vez que você faz o mal ou não faz o bem você atrai antimatéria que irá polarizar coisas negativas em sua vida.


A notícia boa dessa história é que existe uma maneira de dissolver a antimatéria.


O que dissolve a antimatéria? A LUZ.


No sentido físico, quando a luz incide em cento e vinte e dos bilionésimos de segundo, a antimatéria desaparece. Me refiro a Fótons de luz.


No sentido espiritual, funciona de forma semelhante. Só que a luz aqui, é o reto pensar, o reto falar, o reto sentir e o reto agir.


Exatamente por causa disso que A Cabala Positiva apregoa e foi copiada como conceito teológico pelo Judaísmo e o Cristianismo que diz: "As trevas não suportam a luz."


A cabala mais uma vez acerta em cheio quando se trata de ciência.


Voltemos ao conceito físico: Quando os fótons batem na antimatéria, ela se dissolve.


Traduzindo ao conceito psíquico/energético/espiritual, chamam isso de Catarse, ou seja, a partir do momento que seu subconsciente está recebendo informações novas e qualificadas, está ocorrendo um processo semelhante a fótons bombardeando a antimatéria acumulada pelo seu histórico (desta ou de outras vidas) de pensamentos, palavras, sentimentos e ações negativas que prejudicaram o outro - e consequentemente à nos mesmos, pois somos todos um.


No livro dos espíritos temos:


Questão 469. Por que meio se pode neutralizar a influência dos maus Espíritos?


Resposta dos espíritos — Fazendo o bem e colocando toda a vossa confiança em Deus, repelis a influência dos Espíritos inferiores e destruís o império que desejam ter sobre vós. Guardai-vos de escutar as sugestões dos Espíritos que suscitem em vós os maus pensamentos, que insuflam a discórdia e excitam em vós todas as más paixões. Desconfiai sobretudo dos que exaltam o vosso orgulho, porque eles vos atacam na vossa fraqueza. Eis porque Jesus vos faz dizer na oração dominical: “Senhor, não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal!”.


Ou seja, é a mesma coisa.


Em sentido energético, psíquico, espiritual, antimatéria é tudo aquilo que nos atrasa a caminhada, que representa peso compulsório a ser carregado, que nos impregna de negatividades, que compromete a realização de nossos planos, sonhos desejos e anseios, que, enfim, prejudicam a harmonia de nossa vida.


O Quantec tem 3 grandes poderosos motores: o da colocação de informação nova no subconsciente, o da eliminação de antimatéria, e o da reorganização do quebra cabeça da nossa vida. Estes motores funcionam conjuntamente quando você se submete a um tratamento. Quando mais antimatéria acumulada, mais catarses, mais longo o tempo de tratamento ideal, mais tempo para que as peças de sua vida sejam colocadas no lugar.


Importante entretanto é começar. Bombardear seu subconsciente com informação melhor qualificada, dissolver a antimatéria que trava sua vida, e reordenar as peças da vida fazendo com que as "coincidências" aconteçam e te coloquem no seu caminho mais harmonioso possível. É exatamente essa a dinâmica de operação do Quantec quando emana um tratamento para um cliente.